EUA já não considera a remoção do Assad como prioridade na Síria

Washington não está mais focada na remoção do poder do presidente sírio, Bashar Assad, como sua principal prioridade na Síria, disse o membro sênior do Conselho da Federação, a câmara alta do parlamento russo, Alexei Pushkov.

Na quinta-feira, o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, disse durante uma visita a Ancara que o “status de longo prazo” de Assad deve ser decidido pelo povo sírio.

“Os EUA já não consideram a remoção de Assad sua prioridade na Síria. Esta mudança é um reconhecimento do seu poder e da rejeição da política falha de Obama”, escreveu Pushkov no Twitter.

O destino de Assad tem sido um obstáculo nas negociações de paz da Síria há muito tempo, com os Estados Unidos e seus aliados insistindo que ele deve renunciar e a Rússia defendendo que o povo da Síria é quem deve decidir sobre o futuro de Assad.

O vice-ministro russo das Relações Exteriores, Gennady Gatilov, ressaltou na quarta-feira que a Rússia não discutirá o futuro de Assad com os Estados Unidos, uma vez que é uma questão exclusivamente para o povo sírio resolver.​

Sputnik


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=254458

Publicado por em mar 31 2017. Arquivado em 3. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS