EUA financiam violência na Nicarágua, diz presidente Ortega

O presidente da Nicarágua afirmou possuir evidências suficientes do financiamento pelos EUA da onda de violência em seu país.

“Enfrentamos um potente inimigo, os EUA, que repetidamente invadiu a Nicarágua e continua interferindo nos assuntos da Nicarágua. Através de contas nos EUA, a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e outras organizações norte-americanas fazem declarações sobre os milhões que são alocados à Nicarágua, à democracia, conforme dizem”, assinalou Ortega em entrevista ao canal Euronews.

Segundo o presidente, o dinheiro alocado é utilizado depois para outras necessidades. “Desestabilizar o país, provocar a violência e estimular as ações armadas de gangues que têm cometido crimes desde 2007, quando voltamos a assumir o poder”, destacou.

O presidente boliviano, Evo Morales
© REUTERS / JUAN CARLOS ULATE
Evo Morales acusa EUA de atentar contra a paz na Nicarágua: ‘Eles não são donos do mundo’

No dia 20 de julho, a USAID anunciou a alocação de US$ 1,5 milhões (R$ 5,59 milhões) adicionais para apoiar a democracia e os direitos humanos na Nicarágua. A assistência visa ajudar as organizações da sociedade civil, defensores dos direitos humanos e a mídia independente. O montante alocado se junta a aproximadamente US$ 10 milhões (R$ 37 milhões) que previamente foram aprovados para a Nicarágua pelo Congresso dos EUA como parte do orçamento da USAID.A Nicarágua vive uma grave crise desde meados de abril, quando começou uma onda de protestos contra o governo que levou a duros confrontos entre manifestantes e forças de segurança.

O governo desmente a existência de grupos de choque oficiais que provocam violência, como argumenta a oposição, e insiste que os protestos são promovidos por grupos “terroristas” que visam levar a cabo um “golpe suave” contra Ortega.

Reuters


Nota da Redação:

Existe um projeto que está em andamento, pela metade que é o Canal da Nicarágua que fará frente ao Canal do Panamá, cujo EUA tem total controle e autoridade.

Ocorre que o Canal do Panamá, é dirigido em parceria com os russos e chineses, situação que preocupa os EUA, pois agora os “inimigos” da América poderão ir do Pacífico ao Atlântico sem precisar do aval americano e pior, militarmente deixa os EUA muito exposto.

Então, essa série de distúrbios nada mais é, do que coisas orquestradas pelos EUA, para tirar Ortega do poder, com o ajuda da mídia e prejudicar o andamento e parceria com os russos e chineses no Canal do Nicarágua.

Resultado de imagem para canal da nicarágua

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=258731

Publicado por em jul 31 2018. Arquivado em TÓPICO IV. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

1 Comentário para “EUA financiam violência na Nicarágua, diz presidente Ortega”

  1. Sidnei

    Canal que deveria ser construído pela Odebrecht, com dinheiro chinês…

Deixe uma Resposta

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS