EUA estudam sanções comerciais contra a China

 
 

O governo dos Estados Unidos estuda a adoção de sanções comerciais para obrigar a China a respeitar de forma mais estrita a propriedade intelectual, informou na terça-feira à noite o Wall Street Journal.

O governo examina a possibilidade de “invocar um dispositivo pouco utilizado que permite iniciar uma investigação para determinar se as políticas praticadas pela China sobre propriedade intelectual não resultam em ‘práticas comerciais desleais'”, afirmou o jornal, que citou fontes próximas ao caso.

A Casa Branca deseja de Pequim uma punição mais severa ao roubo de propriedade intelectual e mudanças no sistema de transferências de alta tecnologia para que as empresas americanas possam entrar no mercado chinês.

“Ainda não se sabe quanto tempo a administração necessitará para estudar o tema antes de tomar uma decisão”, indica o jornal, antes de citar algumas fontes que mencionam a possibilidade de que aconteça ainda esta semana.

O presidente Donald Trump e seu colega chinês Xi Jinping passaram a imagem de um relacionamento cordial durante um encontro em abril na Flórida, que rendeu alguns frutos como a exportação de carne bovina americana para a China, o que não acontecia desde 2003.

As negociações econômicas de meados de julho terminaram sem avanços, depois que Washington pediu uma relação comercial mais “estável e recíproca”.

Mas a posição da China sobre o programa nuclear da Coreia do Norte criou fissuras entre os dois países.

Trump chegou a afirmar no fim de semana que estava “muito decepcionado” com Pequim e que não permitirá que o país continue sem fazer nada para conter as ambições armamentistas de Pyongyang.

A China – principal aliado da Coreia do Norte – respondeu a Trump com a afirmação de que não deve vincular a questão norte-coreana com a relação comercial.

AFP /Agence France-Presse


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=255902

Publicado por em ago 2 2017. Arquivado em 3. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

1 Comentário para “EUA estudam sanções comerciais contra a China”

  1. Alessandro

    Imperialismo estadonidense versus imperialismo chines .
    Sim, a China e’ imperialista e racista contra nos ocidentais .E tem um projeto de dominacao

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS