EUA bloqueiam iniciativa da ONU para nomear palestino

 

Sputnik

Sede da ONU em GenebraSede da ONU em Genebra

Anteriormente foi comunicado que o secretário-geral da ONU, António Guterres, enviou uma carta ao Conselho de Segurança, informando-o sobre o seu intuito de nomear Salam Fayyad, chefe do governo da Autoridade Nacional Palestina entre 2007 e 2013, como novo enviado especial da organização para a Líbia.

“Os EUA estão desiludidos com a carta na qual se comunica a intenção de nomear o ex-premiê palestino como chefe da missão principal da ONU na Líbia. A ONU tem cedido à Palestina por demasiado tempo em detrimento dos nossos aliados israelenses”, diz-se no comunicado de Nikki Haley, atual representante permanente dos Estados Unidos junto à ONU.

A diplomata fez lembrar que os EUA não reconhecem o Estado da Palestina e, deste modo, “não apoiam o sinal que poderia ser enviado através desta nomeação”.

Entretanto, a delegação norte-americana assegurou que se manifesta a favor de um diálogo direto entre as duas partes a fim de solucionar o conflito árabe-israelense.

Haley, por sua vez, afirmou que “para apoiar seus aliados, os EUA vão atuar e não só falar”.

IrãNews


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=253327

Publicado por em fev 14 2017. Arquivado em 1. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS