EUA ameaçam com sanções se China continuar comprando petróleo iraniano, reporta mídia

Departamento do Tesouro dos EUA em Washington

O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, afirmou estar trabalhando com a China para cortar o fluxo mínimo de exportações de petróleo iraniano para o país asiático, escreve Fox News.

“Cortamos provavelmente mais de 95% das receitas do petróleo, por isso há uma quantidade muito pequena de receitas do petróleo”, comentou Mnuchin, referindo-se ao petróleo iraniano.

Segundo o chefe do Departamento do Tesouro americano, a quantidade “muito pequena” que resta no Irã da venda de petróleo inclui “um grande componente” que é a China.

O funcionário americano salientou que já tinha falado com os representantes do país asiático sobre essa questão e o governo chinês bloqueou a compra de petróleo iraniano a todas as empresas estatais.

Atividades petrolíferas

“Eles [chineses] cortaram todas as empresas estatais da compra de petróleo, e estamos trabalhando muito estreitamente com eles para garantir que cessem todas as atividades petrolíferas adicionais”, continuou.

Sputnik


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=261476

Publicado por em jan 13 2020. Arquivado em TÓPICO II. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS