Emirados Árabes Unidos roubam árvores ameaçadas de extinção da ilha Socotra do Iêmen

Imagens e vídeos que circulam nas mídias sociais mostram árvores ameaçadas de extinção, Dracaena cinnabari, nativas apenas da ilha Socotra do Iêmen, exibidas em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos.

Conhecidas localmente como “Dum Al-Akhawain” ou “sangue dos dois irmãos”, as árvores são consideradas uma das características mais importantes da ilha do arquipélago de Socotra.

Isso confirma relatos anteriores de que os Emirados Árabes Unidos, que os habitantes locais consideram uma força de ocupação, podem estar roubando a árvore protegida pela UNESCO. Também houve relatos do ano passado de pedras de recifes de corais e pássaros raros sendo saqueados na ilha. As forças dos Emirados começaram a chegar à ilha em abril de 2018 sem coordenação prévia com o governo iemenita.

Imagem à direita: Árvores de sangue de dragão (Dracaena cinnabari), nativas apenas da ilha Socotra do Iêmen, sendo exibidas em Dubai, Emirados Árabes Unidos.

As árvores icônicas são conhecidas por sua seiva vermelha, conhecida localmente como “emzoloh”, que possui uma ampla variedade de usos medicinais. Referido pelos antigos como “cinábrio”, é comercializado desde antes de 60 dC.

Um vídeo amplamente divulgado mostra um homem dos Emirados exibindo uma dessas árvores na entrada de sua casa para decoração. Ele pode ser ouvido confirmando que é da Socotra.

Outras imagens mostram que as árvores foram plantadas em espaços públicos em Dubai.

De acordo com o site Uprising Today , muitos iemenitas têm a impressão de que o “complexo de inferioridade dos Emirados Árabes Unidos de não ter nenhuma história e civilização própria o leva a roubar o que pode da civilização antiga do Iêmen”.

Uma fonte de notícias local, o Socotra Post , disse que os moradores de Socotra temem que os Emirados Árabes Unidos pretendam realizar um golpe contra as autoridades iemenitas, uma dessas tentativas foi relatada no início deste mês. Dizem que os soldados e oficiais estrangeiros tratam a ilha como se pertencesse aos Emirados Árabes Unidos e não ao Iêmen, até mesmo levantando bandeiras dos Emirados sobre prédios do governo.

*

Imagem em destaque: Ilha Iemenita de Socotra, em 12 de fevereiro de 2014 [Rod Waddington / Flickr]


Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=261099

Publicado por em out 31 2019. Arquivado em TÓPICO II. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS