DEP. PAULO PIMENTA: “MORO VIOLOU CONSTITUIÇÃO AO SEQUESTRAR JORNALISTA”

Brasil 247 – O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) criticou nesta terça-feira 21 a condução coercitiva autorizada pelo juiz Sergio Moro contra o blogueiro Eduardo Guimarães. Para ele, trata-se de um atentado à Constituição Federal.

“Ação de Moro que determinou a prisão do blogueiro Eduardo Guimarães é clara violação da Constituição Federal e afronta o Estado Democrático de Direito”, protestou o parlamentar nas redes sociais.

Durante uma audiência em Brasília, por meio de videoconferência, Moro confirmou ao deputado Paulo Teixeira (PT-SP) ter autorizado a condução coercitiva (assista ao vídeo de Teixeira acima).

O motivo é a investigação da fonte que vazou para Guimarães a condução coercitiva do ex-presidente Lula, em março do ano passado. Moro argumentou a Teixeira que Guimarães não é jornalista. “Dr. Moro, o Brasil não exige formação específica para o jornalismo. Isso é censura”, criticou Teixeira.

Para Pimenta, “a alegação do Moro que ele não é jornalista é uma estupidez. A CF diz respeito à atividade, não à pessoa. É uma afronta”.

Brasil 247

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=254134

Publicado por em mar 21 2017. Arquivado em TÓPICO IV. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS