Delegação Russa lembra aos EUA que as Colinas de Golã ocupadas são territórios sírios

O representante permanente da Rússia nas Nações Unidas, Vasily Nebenzia , mencionou aos autores do “Acordo do Século” que as Colinas de Golã ocupadas são territórios sírios .

“Ontem, a visão de Washington de um assentamento no Oriente Médio foi publicada e notamos os mapas incluídos no plano de que as Colinas de Golã foram definidas como território israelense.

Nesse sentido, gostaríamos de lembrar aos autores dos mapas geográficos que nós [Rússia] e a Resolução 497 do Conselho de Segurança da ONU não reconhecemos a soberania de Israel”, disse Nebenzia.

O Representante Permanente da Rússia disse à ONU que “as Colinas de Golan são terras sírias ocupadas ilegalmente”.

Na terça-feira, o presidente dos EUA , Donald Trump, anunciou seu plano de paz para resolver o conflito entre palestinos e israelenses, conhecido como “Acordo do Século”, na presença do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, embaixadores de Omã, Bahrein e Emirados Árabes Unidos.

O plano de paz de Trump já foi rejeitado pela maioria dos países da Liga Árabe, junto com a Autoridade Palestina.

*

A imagem em destaque é da AMN

A fonte original deste artigo é Al Masdar News

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=261565

Publicado por em jan 30 2020. Arquivado em TÓPICO I. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS