CNN falsamente afirma que Guaidó foi eleito presidente da Venezuela em janeiro – não houve eleição em janeiro

Continuando a tentar fazer avançar a narrativa dos EUA de que o líder da oposição venezuelana, Juan Guaido, é o presidente “devidamente eleito”, a CNN se deu ao trabalho na tarde de domingo de inventar uma eleição inteira para basear isso.

No relatório da CNN, eles declararam que “está aumentando a pressão sobre Maduro de renunciar, após as eleições de janeiro em que os eleitores escolheram o líder da oposição Juan Guaido para presidente.” Não houve eleição em janeiro.

Na realidade, a eleição presidencial da Venezuela foi realizada em 20 de maio de 2018. A oposição boicotou a votação, Maduro venceu com 67,8% dos votos, enquanto Guaido não participou de forma alguma.

De fato, a única vez em que Juan Guaido participou de uma eleição presidencial de qualquer tipo foi a primária presidencial da Mesa Redonda da Unidade Democrática de 2012, que ele perdeu. A primeira reivindicação de Guaido à presidência veio em janeiro de 2019, quando ele se declarou unilateralmente “presidente em exercício”.

No entanto, a administração Trump não só endossou Guaido como presidente neste momento, eles começaram a se referir a ele como o presidente “devidamente eleito”, apesar de tal eleição nunca ter ocorrido. Os meios de comunicação dos EUA têm repetido essa afirmação, mas a CNN deu um passo à frente para inventar a eleição também.

O artigo da CNN foi escrito por dois escritores seniores e quatro outros contribuíram para isso. É difícil imaginar que nenhum deles tenha recebido essa falsa alegação de voto em janeiro. No entanto, o artigo permaneceu inalterado durante todo o domingo e da noite para o dia, e foi só na segunda-feira que foi finalmente revisado para dizer que Guaido havia “se declarado presidente interino”.

*

Nota para os leitores: por favor, clique nos botões de compartilhamento abaixo. Encaminhar este artigo para suas listas de e-mail. Crosspost no seu blog, fóruns na internet. etc.

Imagem em destaque é da Euronews

Itália vetou reconhecimento da UE ao líder de oposição venezuelano Guaido

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=260160

Publicado por em maio 7 2019. Arquivado em TÓPICO IV. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS