China exorta EUA a abandonarem ‘obsoleta mentalidade da Guerra Fria’

Na nova Estratégia de Segurança Nacional norte-americana anunciada nesta segunda-feira em Washington, A China e a Rússia são indicadas como as maiores ameaças para a prosperidade dos EUA.

Ministério do Exterior da China exortou nesta terça-feira os EUA a renunciarem à sua retórica de Guerra Fria e deixarem o “obsoleto jogo de soma nula”, que prejudica a paz mundial.

“Pequim continua comprometida com o caminho do desenvolvimento pacífico e irá manter com firmeza a estratégia de abertura, de benefício mútuo e de resultados em que todos ganhem”, disse a porta-voz do Ministério do Exterior chinês, Hua Chunying, em resposta à nova versão da Estratégia de Segurança Nacional norte-americana, apresentada nos EUA.Nessa nova estratégia, Washington indica a Rússia e a China como “potências revisionistas” e como as maiores ameaças que “tentam corroer a segurança e a prosperidade norte-americanas”.

“Pedimos aos EUA que parem de deturpar deliberadamente as intenções estratégicas da China e abandonem o jogo de soma zero e conceitos obsoletos, como a mentalidade da Guerra Fria”, disse Chunying. Além disso, salientou que Pequim “nunca buscará o desenvolvimento à custa dos interesses de outros países, mas não renunciará a seus direitos e interesses legítimos”.

“A cooperação em benefício mútuo é a única opção viável para os dois países”, acrescentou ela, e ressaltou que a política externa do gigante asiático é o desenvolvimento pacífico por meio de uma maior colaboração e entendimento com as demais nações, por isso chamou os EUA a contribuírem para a paz mundial.

Sputnik


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=257091

Publicado por em dez 20 2017. Arquivado em 1. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS