China e Rússia lançam protestos contra sistema de mísseis dos EUA na Coreia do Sul

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês Geng Shuang

China e Rússia questionaram a implantação de um sistema de mísseis norte-americano na Coréia do Sul, com a promessa de defender seus interesses de segurança.

“Estamos firmemente contra a implantação de THAAD (sistema de mísseis) na República da Coreia (ROK) pelos EUA e pela República da Coreia”, disse o porta-voz do Ministério do Exterior da China, Geng Shuang, durante uma entrevista coletiva na terça-feira.

“A China vai resolutamente tomar as medidas necessárias para defender os nossos interesses de segurança própria. Todas as conseqüências decorrentes disso serão suportadas pelos EUA e pela República da Coreia “, acrescentou, sem delinear os tipos de medidas que consideraria.

Geng também pediu às “partes relevantes para parar a implantação e não viajar pelo caminho errado”.

Na segunda-feira, o Comando Pacífico do Exército dos EUA declarou que havia começado a implantar o chamado Sistema de Defesa de Área de Alta Altitude Terminal (THAAD) para a Coréia do Sul, alegando que ele tem como objetivo defender seu aliado contra um potencial ataque norte-coreano.

Esta foto do comunicado dos EU força Coreia (USFK) tomada o 6 de março de 2017 mostra os primeiros elementos do sistema de mísseis de THAAD que chega na base aérea de Osan EU em Pyeongtaek. (Por AFP)

Pequim também tomou medidas contra sul coreano conglomerado multinacional Lotte Group, que forneceu a terra para acolher THAAD.

Os manifestantes chineses organizaram manifestações para denunciar Lotte, que também é alvo de múltiplas ameaças de boicotes a consumidores ou a empresas.

A agência noticiosa sul-coreana Yonhap informou na terça-feira que as autoridades chinesas haviam fechado 39 dos pontos de venda da Lotte no país, citando preocupações de segurança contra incêndios.

O Ministério do Exterior russo também disse na terça-feira que a implantação THAAD está trazendo a situação a já volátil da Península norte Coreana em um impasse, disse à Interfax.

O sistema THAAD destina-se a interceptar e destruir mísseis balísticos de curto e médio alcance durante a fase final do voo.

presstv


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=253942

Publicado por em mar 7 2017. Arquivado em 1. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS