China e Rússia elaboram contramedidas contra a implantação de Escudos Antimísseis na Coréia do Sul pelos EUA

Esta lima, imagem do folheto mostra o lançamento do míssil terminal da defesa da área de alta altitude (THAAD) durante um teste.  (Via AFP)
Lançamento do míssil terminal da defesa da área de alta altitude (THAAD) durante um teste. (Via AFP)

A China e a Rússia teriam concordado em tomar novas “contramedidas” contra a decisão dos Estados Unidos de instalar um sistema avançado de mísseis na Coréia do Sul.

O plano de Pequim e de Moscou “visará salvaguardar os interesses da China e da Rússia e o equilíbrio estratégico na região”, informou a agência estatal chinesa Xinhua na sexta-feira.

Os EUA receberam a aprovação da Coréia do Sul para implantar o sistema de mísseis de defesa de área de alta altitude (THAAD) em território coreano com o objetivo declarado de combater ameaças potenciais da Coréia do Norte.

China e Rússia, no entanto, se opuseram à instalação do sistema e percebê-lo como dirigido contra si mesmos. Eles se opõem ao reforço dos Estados Unidos da sua força militar na região e dizem que os mísseis THAAD iria perturbar o equilíbrio de poder.

“A China e a Rússia pediram aos Estados Unidos e à Coréia do Sul para resolverem suas preocupações de segurança e pararem a implantação do THAAD na Península Coreana”, disse Xinhua, mas sem sucesso.

A Coréia do Sul tem se queixado recentemente de ter sido submetida a retaliação chinesa “indireta” sobre seu consentimento para a implantação dos EUA, inclusive no campo do transporte aéreo.

A finalização dos planos para a implantação do sistema também desencadeou muitos protestos dentro da própria Coréia do Sul.

Enquanto isso, Pyongyang anunciou esta semana que estava preparado para testar o lançamento de um míssil balístico intercontinental (ICBM) capaz de atingir o continente americano, dizendo que a postura hostil de Washington em relação à Coréia do Norte levou a desenvolver tais mísseis.

Pyongyang tem tentado fortalecer sua capacidade militar para se proteger da ameaça representada pela presença de forças americanas na região.

presstv


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=252628

Publicado por em jan 13 2017. Arquivado em 2. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS