Caça russo interceptou avião espião americano no Mar Negro

 

Um jato de caça russo Su-27 (foto de arquivo)

Um avião de caça russo interceptou um avião de espionagem norte-americano que participava de um exercício militar da OTAN sobre o Mar Negro, em um esforço para “impedir uma violação” das fronteiras russas, disse o Ministério da Defesa da Rússia.

O ministério disse em um comunicado na segunda-feira que um caça a jato Su-27 havia interceptado um avião espião da marinha norte-americana EP-3E Aries que estava se aproximando da fronteira russa.

“Ele [o jato Su-27] se aproximou da aeronave a uma distância segura … e a levou para longe do espaço aéreo da Federação Russa, em conformidade com todos os requisitos de segurança e proteção”, explicou o ministério.

“A tripulação do caça informou identificar o avião de vigilância eletrônica dos EUA e escoltou-o para evitar uma violação da fronteira da Rússia, enquanto seguia todas as diretrizes de segurança”, acrescentou o comunicado.

A Marinha dos EUA, que publicou um vídeo do incidente no Twitter, acusou os militares russos de terem realizado uma operação “insegura”.

Esta captura de imagem de um vídeo da Marinha dos EUA mostra um caça russo Su-27 aproximando-se do avião espião EP-3E Aries da Marinha dos EUA sobre o Mar Negro em 5 de novembro de 2018.

A Marinha dos EUA disse que o jato russo “armado” ficou em torno do EP-3 por cerca de 25 minutos e que o jato dos EUA estava “operando de acordo com o direito internacional”.

“A tripulação do EP-3 relatou turbulência após a primeira interação [entre as duas aeronaves] e vibrações do segundo”, acrescentou.

A declaração americana alegou que a manobra “colocou nossas tripulações em perigo”.

O ministério russo disse que o avião de combate russo retornou à sua base depois que o avião espião dos EUA alterou seu curso de voo para longe da fronteira.

Este não é o primeiro incidente deste tipo entre as forças armadas russa e norte-americana sobre o Mar Negro. Em um incidente similar no início deste ano, um russo Su-27 interceptou outro EP-3 Áries sobre o Mar Negro. Na época, a Marinha dos EUA também acusou a Rússia de “violar flagrantemente os acordos existentes e a lei internacional”.

presstv


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=259277

Publicado por em nov 6 2018. Arquivado em TÓPICO II. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS