Bonecos de Bolsonaro e Michele são vaiados em Olinda

Os foliões de Olinda (PE) receberam, nesta segunda-feira (4), o boneco gigante do presidente Jair Bolsonaro com vaias, latas de cerveja e pedras de gelo.

Ao lado da escultura que representa a primeira-dama,  Michelle Bolsonaro, o “Jairzão” puxou o cortejo de cem gigantes nesta segunda-feira (04).

Ao longo do desfile os foliões vaiavam e entoavam o verso mais repetido neste Carnaval na cidade: “ai, ai, ai, Bolsonaro é o carai”.

Uma mulher que supostamente teria tentado derrubar a alegoria foi agredida por um policial militar e houve princípio de correria, mas logo a situação foi normalizada.

Os seguranças contratados pela Embaixada dos Bonecos Gigantes chegaram a ameaçar diversas vezes alguns foliões com spray de pimenta. Pelo menos duas vezes foi preciso parar para limpar a escultura.

O auxiliar de serviços gerais Natan José de Oliveira, 23, disse à reportagem ainda na concentração do bloco que pela primeira vez em 11 anos estava com medo de desfilar como bonequeiro.

Eleitor declarado de Bolsonaro, durante o cortejo ele respondia às críticas dançando e rodando o boneco de 20 quilos.

A expectativa é de que o boneco de Bolsonaro volte à folia pernambucana nesta terça-feira (5), no Recife Antigo, onde nesta segunda, a partir das 16h, pelo menos 15 blocos líricos se apresentarão no polo do Marco Zero.

Revista Forum


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=259861

Publicado por em mar 5 2019. Arquivado em 2. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS