Bolsonarista matou Marielle

Além de morar no mesmo condomínio de Jair Bolsonaro, o matador de Marielle, Ronnie Lessa, tem outra coisa em comum com o presidente da República: perfil de bolsonarista.

Foi o que disse, agora há pouco, em entrevista coletiva, o chefe da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro delegado Giniton Lajes. “Ele foi da PM, da Polícia Civil, do Bope, foi ‘caveira’ e ele tem obsessão por agredir pessoas do lado contrário, pessoas de esquerda” segundo o delegado. Ele também disse que foi “um crime de ódio”. “Ele resolvia as coisas intempestivamente, como resolveu”.

Giniton detalhou as investigações e afirmou ter absoluta certeza de que os dois ex-PMs presos hoje – Ronnie Lessa e Élcio Queiróz – são os autores do atentado, embora não exclua a participação de outras pessoas. O crime foi planejado minuciosamente durante ao menos três meses.

No dia do crime Ronnie e Élcio saíram às 17hs da Barra da Tijuca no veículo Cobalt e Ronnie matou Marielle e o motorista Anderson Gomes com 13 tiros.

Jornalistas pela Democracia


Nota da Redação:

Bozo, você como Capitão do Exército, supostamente honesto, rico, nunca estranhou o fato de um simples sargento ser seu vizinho num condomínio de luxo e morar numa mansão?

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=259884

Publicado por em mar 12 2019. Arquivado em TÓPICO I. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS