Bloomberg: Putin começa a conquistar mentes dos norte-americanos, e talvez seus corações