Aviões russos sorrateiramente estudaram radares e equipamentos de defesa aérea da OTAN – isso não foi feito por nenhum outro país!