Aviões dos EUA tentam se aproximar das fronteiras da Crimeia e caças russos decolaram em alerta

 

Caças russos Su-27 aviões decolaram da base aérea na Crimeia após um avião de reconhecimento dos EUA tentar se aproximar da fronteira russa.

Dmitriy Pichugin /www.airliners.net

Aeronaves de patrulha R-8 Poseidon Marinha dos EUA tentaram na quarta-feira aproximar-se da fronteira com a Rússia no Mar Negro, informou o porta-voz da Defesa russo Ministério Igor Konashenkov. Após o incidente, caças Su-27  decolaram em alerta da base aérea Belbek, localizada perto da cidade de Sevastopol, Crimeia.

Quando os aviões russos se aproximaram dos aviões americanos para identificar aeronaves, (R-8 Poseidon), eles mudaram o curso, indo na direção oposta às fronteiras russas.

O Ministério da Defesa russo enfatizou que os pilotos russos agiram “de acordo com as normas internacionais para a realização dos voos.”

RT


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=249599

Publicado por em set 7 2016. Arquivado em 1. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

1 Comentário para “Aviões dos EUA tentam se aproximar das fronteiras da Crimeia e caças russos decolaram em alerta”

  1. enganado

    Que pena que os SU-27 não passaram fogo nos aviões dos USraHell! Por acaso algum avião da RÚSSIA/CHINA/IRÃ/C. do NORTE/SÍRIA/,,, voaram perto das fronteiras dos Assassinos da Humanidade? NÃO e NÃO!!! Então cara RÚSSIA, por favor derrube-os, iguaizinhos fizeram com os tripulantes dos RB-47 que voaram por cima da Península de Kamchatka, no anos 50. Para quem não sabe, foram derrubados e quem sobrou vivo foram APAZIGUADOS nos calabouços do GRU. A macaquinha Condolezza queria os corpos de volta; tá bom! Pensa que a RÚSSIA é ___braziUS___ que obedece de QUATRO. rsrsrsrsrsr ….

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS