Assembleia Geral da ONU faz homenagem a Fidel Castro

 

Divulgação

Fidel Castro em discurso na ONUFidel Castro em discurso na ONU

Organizado pela Missão Permanente de Cuba na ONU, a sessão especial de homenagem foi solicitada por diversos países de todos os continentes.

Em nome das organizações globais e regionais, foram feitos pronunciamentos recordando a personalidade de Fidel e seu legado construído após a revolução cubana, principalmente nas áreas da saúde, da educação e da ciência e tecnologia.

O representante permanente da missão da Venezuela, Rafael Ramírez, em sua intervenção afirmou que seu país guarda uma eterna gratidão a Fidel por seu apoio à revolução bolivariana. “Eu tive o privilégio de escutar suas orientações, de conhecê-lo e trabalhar de perto com o político de maior impacto do século 20”.

Já o porta-voz da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) ressaltou que Fidel deve ser lembrado como um dos líderes mais influentes do mundo.

O embaixador tailandês Virachai Plasai, que falou em nome do G-77, organização que engloba 134 dos 193 países membros da ONU, destacou o legado da figura de Fidel.

A sessão especial foi iniciada com um minuto de silêncio pela morte do líder histórico. O presidente da assembleia, Peter Thomson, que abriu os trabalhos, ressaltou a visão de Fidel e seu chamado aos povos de salvar o mundo da guerra, do subdesenvolvimento, da fome, da pobreza e da desnutrição, em defesa dos recursos naturais e da dignidade humana.

 Portal Vermelho, com agências


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=252052

Publicado por em dez 20 2016. Arquivado em 4. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS