As forças armadas do Irã estão altamente preparadas para defender o país, disse Chefe Militar

 

Chefe do Estado Maior do General das Forças Armadas Iranianas, Mohammad Baqeri
Chefe do Estado Maior do General das Forças Armadas Iranianas, Mohammad Baqeri

O chefe do Estado Maior do General das Forças Armadas do Irã, Mohammad Baqeri, disse que as Forças Armadas do país estão prontas para lidar com qualquer possível ameaça representada por inimigos da República Islâmica.

“Atualmente, as Forças Armadas estão mantendo um alto nível de prontidão para dar uma resposta a qualquer ameaça e ato de agressão por parte dos inimigos do Irã Islâmico”, disse Baqeri enquanto se dirigia a uma reunião de forças militares na província de Khuzistão, no sudoeste do Irã. Domingo.

O alto comandante militar acrescentou que os inimigos da República Islâmica vêm tentando, nas últimas quatro décadas, dar um golpe na Revolução Islâmica do Irã.

“A América devoradora de mundo, o regime usurpador sionista [de Israel] e os regimes reacionários regionais vêm tentando ameaçar e dar um golpe à Revolução Islâmica do Irã nos últimos 40 anos”, disse ele.

Baqeri enfatizou que, apesar de todos os seus esforços, os inimigos do Irã não foram capazes de dar um pequeno golpe na República Islâmica.

Em meio a alguns relatos sobre a preparação de Israel para uma ação militar contra o Irã com apoio dos EUA, uma importante autoridade iraniana no sábado descartou a possibilidade de uma guerra contra a República Islâmica, dada a consciência dos inimigos da “força política do Irã e sua prontidão militar e de segurança”.

A proeza da TV e do Irã exclui as perspectivas de guerra:

Um alto funcionário iraniano exclui enfaticamente a possibilidade de uma guerra contra a República Islâmica.

“Como oficial encarregado do órgão de segurança nacional do país, estou declarando de forma explícita e confiante que a possibilidade de uma guerra [contra o Irã] está descartada por causa da avaliação dos inimigos da força política da República Islâmica, sua prontidão militar e de segurança em Arenas domésticas e estrangeiras, bem como sua falta de determinação, coerência e capacidade operacional “, disse Ali Shamkhani, secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional do Irã.

Suas declarações foram feitas depois que o ministro da Defesa do Irã, brigadeiro general Amir Hatami, disse em abril que a República Islâmica estava determinada a aumentar seu poder de dissuasão, enfatizando que a nação iraniana, particularmente as Forças Armadas, não temia nenhum inimigo.

PressTV-Forças Armadas iranianas não temem inimigo: Ministro

O ministro da Defesa iraniano disse que as Forças Armadas do Irã são fortes e não têm medo de nenhum inimigo.

Ele acrescentou que as Forças Armadas iranianas têm capacidade de defesa estratégica, dizendo que o país conseguiu melhorar seu poder de dissuasão confiando em seus jovens e fiéis especialistas e defenderá sua segurança nacional onde quer que uma ameaça lhe seja imposta.

Em uma reunião no início de abril com um grupo de altos comandantes das Forças Armadas do Irã, o líder da Revolução Islâmica, o aiatolá Seyyed Ali Khamenei, disse que os inimigos do establishment islâmico estavam com medo do poder crescente do Irã, mas não conseguiram fazer nada. para contê-lo.

PressTV-Inimigos se sentem ameaçados pelo crescente poder do Irã: Líder

O Ayatollah Khamenei diz que os inimigos do establishment islâmico estão com medo do poder crescente do Irã.

O Líder mencionou o poder, a segurança, a dignidade e a capacidade adequada em tempos de necessidade como principais objetivos das Forças Armadas iranianas, observando que todas as atividades conduzidas por essas forças devem ter como objetivo atingir suas metas predeterminadas.

Presstv


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=258197

Publicado por em Maio 6 2018. Arquivado em 4. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS