Após morte de palestinos em Gaza, Gilberto Gil cancela show em Israel

O músico brasileiro Gilberto Gil decidiu cancelar seu show no dia 4 de julho em Ra’anana (Israel) devido a questões políticas, informou a produtora musical Arbel em comunicado.

Gilberto Gil

“O sentimento geral de todos é apreensão, porque Israel está passando por um momento delicado […] esperamos entender, porque essa questão também é delicada para nós, amamos Israel e nos sentimos sempre muito protegidos, sem dúvida, haverá novas oportunidades e esperamos por melhores tempos”, explica a declaração.

O cancelamento ocorre depois que dezenas de mortes de palestinos ocorreram nos últimos dias, durante os protestos na Faixa de Gaza contra a abertura da embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém.

Em 2015, Gil se apresentou em Israel com Caetano Veloso em uma turnê conjunta da qual ambos participaram, e foram criticados pelo movimento Boicote, Desinvestimentos e Sanções (BDS), que promove o isolamento internacional do Estado de Israel.

Nessa ocasião, os dois músicos, amigos e conhecidos por seu ativismo em causas sociais, visitaram algumas ONGs que trabalham com palestinos e, ao retornar ao Brasil, Veloso assegurou que não voltaria a tocar em Israel.

Sputnik


Nota da Redação:

Parabéns pela atitude Gil, já era tempo.

Roger Waters ex-vocalista do Pink Floyd também é um ativista contra as incursões criminosas de Israel sobre Gaza e os palestinos.

Que permaneça o boicote !

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=258329

Publicado por em maio 23 2018. Arquivado em 4, TÓPICO II. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS