Após divulgação de documento da CIA, Comissão da Verdade quer rever Lei da Anistia

Debate sobre Lei da Anistia se reacende após a divulgação de documentos da CIA datados de 1974 com provas de execuções sumárias praticadas na Ditadura Militar sob o comando de general Geisel.

 Segundo o documento divulgado na quinta-feira (10), o ditador Ernesto Geisel, que governou o Brasil entre 1974 e 1979, deu ordem para a execução de adversários políticos da Ditadura Militar.

Em face das novas informações, o ex-ministro da Justiça José Carlos Dias quer que integrantes da Comissão da Verdade redijam textos sobre as informações liberados pela Departamento de Estado dos EUA.

Com isso, segundo a Folha de São Paulo, ele pretende que a Comissão da Verdade cobre o Supremo Tribunal Federal para rediscutir a Lei da Anistia, que entre outras medidas, concedeu perdão ao agentes da Ditadura Militar brasileira.

O assunto da Lei da Anistia é considerado um ‘vespeiro’ devido à polêmica que implica com os setores conservadores e principalmente com as Forças Armadas.

A Comissão da Anistia foi formada durante o governo de Dilma Rousseff no Brasil e reuniu especialistas entre 2012 e 2014 para a investigação dos crimes cometidos pela Ditadura.

Sputnik


 

Be Sociable, Share!

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=258257

Publicado por em maio 12 2018. Arquivado em TÓPICO IV. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

Deixe uma Resposta

CLIQUE ACIMA PARA RECEBER COMENTÁRIOS POR E-MAIL. ATENÇÃO: AO COMENTAR, UTILIZE UM E-MAIL ÚTIL - COOPERE COM NOSSO TRABALHO.

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS