Agora é oficial: Dólar dos EUA fora completamente do comércio entre Irã e Iraque

O dólar americano não é mais usado por Teerã e Bagdá no comércio bilateral, dando lugar ao euro e às moedas locais, bem como à troca direta de mercadorias, revelou o chefe da Câmara de Comércio Irã-Iraque, Yahya Ale-Eshagh.

“O dólar dos EUA foi retirado da lista de moedas usada pelo Irã e pelo Iraque em suas transações comerciais e eles estão usando o rial iraniano, o euro eo dinar iraquiano para transações financeiras”, disse Ale-Eshagh no sábado, conforme citado pelo governo local. meios de comunicação.

FILE PHOTO: Protesto anti-EUA em Teerã, Irã © Тasnim News AgencyONU foi obrigada a punir os EUA por sanções contra o Irã, mas não fez nada

Além de mudar do dólar para moedas alternativas, os comerciantes iranianos e iraquianos têm se envolvido em operações de permuta, de acordo com a autoridade. O sistema bancário, no entanto, ainda precisa de melhorias, uma vez que apenas uma fração do comércio entre os dois países realmente passa por bancos.

“Resolver o problema do sistema bancário deve ser uma prioridade tanto para o Irã quanto para o Iraque, já que os dois países têm pelo menos US $ 8 bilhões em transações nos piores momentos”, afirmou Ale-Eshagh.

O Iraque é o segundo país depois da China em termos de volume de comércio com o Irã, segundo o funcionário. Enquanto as exportações para a China são quase exclusivamente produtos petroquímicos, Bagdá compra uma grande variedade de produtos iranianos, ajudando a manter altas taxas de emprego, explicou Ale-Eshagh.

O funcionário estava respondendo a uma pergunta sobre como as sanções unilaterais, impostas em Teerã pelos EUA, afetaram o comércio entre os dois países. Washington se retirou do marco do acordo nuclear de 2015 em maio, e está impondo restrições ao Irã. Ele também ameaçou sanções secundárias a qualquer país que continue comprando petróleo do Irã, prometendo trazer a receita de Teerã para “zero”. As sanções ao setor petrolífero do país devem entrar em vigor em novembro, mas as exportações de petróleo do Irã já despencou.

LEIA MAIS: EUA podem trazer as exportações de petróleo iraniano para zero?

As renovadas sanções americanas já levaram a moeda nacional do país a uma espiral descendente, além de obrigar muitas empresas europeias a deixarem o Irã. Teerã criticou repetidamente a incapacidade dos signatários europeus do acordo de 2015 de enfrentar os EUA, ameaçando abandonar o acordo. Embora os países da UE tenham dito que ainda fariam o acordo, as novas restrições dos EUA forçaram grandes empresas como a alemã Daimler e a Siemens, além da francesa Total, Peugeot e Renault, a suspender suas operações no Irã.

rt.com


 

URL curta: http://navalbrasil.com/?p=258914

Publicado por em set 2 2018. Arquivado em 2. Você pode acompanhar quaisquer respostas a esta entrada através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta, ou trackbacks a esta entrada

1 Comentário para “Agora é oficial: Dólar dos EUA fora completamente do comércio entre Irã e Iraque”

  1. enganado

    As empresas da RÚSSIA e CHINA estão rindo à-toa, pois vão ocupar o lugar das empresas-vassalas. Já imaginaram qdo essa coisa de sanções evoluírem mais ainda???? Acho que deveriam colocar na entradas das fábricas um busto do TRAMPA em agradecimento pelas ”””Santas Sanções”””””, esse se cair de quatro não levanta mais, e peça ao Diabo que o carregue nos braços.

Deixe uma Resposta

CLIQUE SOBRE AS NOTÍCIAS