A questão não é Donald Trump – somos nós!