A ocupação ilegal de Israel é a mais maligna do mundo, diz o relator da ONU